27 outubro 2009

Momentos produtivos...

...para o desenho.

Tenho estado bastante motivada a desenhar, só nesses últimos dias fiz 3 caricaturas, 2 figuras femininas, 1 autoretrato colorido com lápis de cor e outros retratos com grafite, um finalizado e outro em andamento... Estou feliz com os resultados apesar de que tenho tantas outras coisas além disso para fazer. Acho que me desconectei durante esses 4 dias que passaram, amanhã estarei de volta a minha Física.



Francisco Buarque de Hollanda, conhecido como Chico Buarque (Rio de Janeiro, 19 de junho de 1944), é um músico, dramaturgo e escritor brasileiro.

20 outubro 2009

O mal do Excesso...

Há quem diga que um dia nós acordamos e nos deparamos com uma enchente batendo a nossa porta...

Semana passada, se não me engano, estive procurando sobre campanhas ambientais. É sempre bom sentir-se útil para alguma coisa... Ainda mais quando é algo que pode trazer benefícios para a comunidade mundial de um modo geral e principalmente para os demais seres vivos do nosso planeta.

Então encontrei um manifesto contra o uso abusivo de sacolas plásticas (aquelas mesmas sacolas que você traz consigo do supermercado, da farmácia, da padaria etc.) que muitas das vezes só servem para entupir os armários num primeiro momento até serem utilizadas ao léu sem a mínima consciência de que as mesmas, leves sacolas, entopem boeiros causando enchentes, poluem os rios, oceanos e provocando até a morte de alguns animais, que por desconhecerem acabam ingerindo confundindo com alimento e asfixiam-se.

E não somente isso, são dados assustadores o número de sacos plásticos que são adquiridos no Brasil apenas por cada hora do dia... Em média de 1,5 milhões! Imagina em 24h, 1 mês, 1 ano? Aparentemente negar uma sacola parece não fazer a diferença, quando apenas estamos olhando para o nosso próprio umbigo, porém pelo caminho que estamos indo não há como manter essa visão antiquada e errônea sobre os nossos atos.

Do mesmo modo que o seu consumo pode matar uma inofensiva tartagura ou provocar enchentes que muitas das vezes você teima em reclamar... Pense que com sua redução, por mais que não seja visível num primeiro m0mento, a sua consciência estará limpa porque a sua parte está sendo feita, e muito mais do que isso... As pessoas que convivem com você conforme o tempo for passando também serão influênciadas pelo seu hábito e possivelmente mais e mais pessoas irão aderir a campanha.

Então pense não só em você, pense no planeta, pense nas futuras gerações que dependem do que está sendo feito hoje para haja a possibilidade de sobreviverem...

Para mais informações visitem o site do Ministério do Meio Ambiente:
http://www.mma.gov.br/

Sobre a Campanha "Saco é um saco":

A campanha Saco é um Saco é uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente que quer chamar a atenção do cidadão brasileiro para o enorme impacto ambiental de um hábito aparentemente inofensivo: pegar sacos e sacolas plásticas.
http://blog.mma.gov.br/sacolasplasticas/


12 outubro 2009

O Planeta "implora" por educação!


Não há novos textos criativos. Hoje começar a fazer algo diferente, ou pelo menos tentar fazer...

Não é difícil encontrar por aí lixo nas calçadas ou até mesmo nas pistas, mas o que há com a população?! Não venham me dizer que é por falta de informação, porque não é... tantos comerciais (temporários, mas existem), tantas campanhas, tantas discussões, temas de eventos "importantes" etc. Mas o problema ainda persiste como uma praga.

Ás vezes penso que não há solução. Já presenciei tantas situações deprimentes, pessoas de classes sociais e condições econômicas diferentes apresentando o mesmo comportamento imundo, inconsequente, vergonhoso. Isso só prova que essa má educação independe do poder aquisitivo, como muitos pensam e costumam argumentar...

Não pretendo "salvar o mundo", até porque não tenho este poder, mas também não posso mais fechar os olhos para toda essa sujeira, não posso mais ser passiva diante toda essa falta de racionalidade humana. De que adianta ter um cérebro com a capacidade de pensar/refletir se poucos sabem o que isso significa.

Vamos acordar
, ô cidadãos do planeta TERRA. Já está mais do que na hora de evoluir, ninguém é obrigado a viver num chiqueiro.

04 outubro 2009

Notável

Longe de sonhos e desejos, sem crendices
Ver e responder a tudo que se lança
Necessário suporte de vida que me guia
Sabendo que ignorar
Não, não é via de circulação
Crer, não é um jogo...
Não há cartas para adivinhar
Nem copas você há de levar
Veja! desdobrar seus sentidos?
A nutrição do orgulho não contempla
Estão além do conjunto que o contém...
Portanto, acorde.
Há muito mais do que se pode enxergar.

Fita cassete

Paredes sólidas! Enfim, entram em estado de dança. Batimentos! Interferências de minha vida, que irônico... De momentos em momentos parecem nós ou amplitudes duplicadas. Quando ouço, não ignoro. Se vejo, almejo. Desconhecidas notas, variadas freqüências perturbam meu sono. Inusitadas situações, ninguém as espera - logicamente! E ainda sim, salta-me um sorriso e a música é feita.

De dentro

Erupção... ERUPÇÃO erupção, erupção, erupção explosão Explosão... de dentro atravessa a pele mancha, mancha, mancha manifestação ...