11 dezembro 2011

Machado de Assis

Guarda estes versos que escrevi chorando como um alívio a minha saudade, como um dever do meu amor; e quando houver em ti um eco de saudade, beija estes versos que escrevi chorando. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De dentro

Erupção... ERUPÇÃO erupção, erupção, erupção explosão Explosão... de dentro atravessa a pele mancha, mancha, mancha manifestação ...