01 fevereiro 2010

Uma visão do futuro?

Ano passado quando estive prestigiando a Feira do Livro que aconteceu no Hangar no mês de Novembro um senhor já de idade, não tão avançada assim, aproximou-se de mim e da minha amiga para recitar uns tais poemas. Disse ele que cada pessoa tinha um poema de acordo com a data de nascimento. O curioso é que os poemas, não riam de mim, comparados com as nossas vidas se assemelhavam bastante. E lembrando daqueles filmes de terror, suspense, ficção, etc. esses velhinhos, ou não tão velhinhos assim, surgem para emitir algum aviso e geralmente são alertas de perigo. Porém, ele virou e disse que eu era uma pessoa cheia de idéias em mente e que precisava aprender a externalizá-las. Talvez não exatamente com essas mesmas palavras, mas foi algo bem próximo. Isso fez-me pensar nos dias que seguiram... depois esqueci. No entanto, hoje eu lembro muito bem daquele momento. Pode até ser ilusão ou comparação de coisas que não tem ligação alguma. De alguma maneira sinto que ele estava correto em sua afirmação, mesmo que pareça clichê para alguns de vocês. Ele não disse a minha amiga a mesma coisa... e do mesmo modo foi compatível com a realidade. Algumas pessoas realmente são "diferentes". Será que ele conseguia enxergar o futuro pelo simples fato de ter já presenciado diversas experiências de vida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De dentro

Erupção... ERUPÇÃO erupção, erupção, erupção explosão Explosão... de dentro atravessa a pele mancha, mancha, mancha manifestação ...